Elvas

Uma cidade de fronteira. Foi durante o século XVII uma importante cidade militar, que atraiu o comércio e os serviços. A construção dos importantes sistemas fronteiriços implicou a atração e manutenção de importantes contingentes de mão-de-obra.

IMG_9197 IMG_9120

 

A população africana ao serviço dos senhores da terra e clérigos aflui desde o século XVI. Era a principal porta de comunicação entre os reinos de Portugal e Castela, alimentado um comércio de escravos, criados nas herdades do Alentejo,  destinados às explorações mineiras extremaras e andaluzas.  Há notícia de deslocações do comerciante de escravos de Badajoz e Zafra para comprar escravos na cidade. A praça da cidade era o local de venda dos escravos.

Há diversas postura municipais a regulamentarem a circulação e o comércio dos escravos na cidade. A Irnandade da Nossa Senhora dos Rosário dos Homens Prestos existe na cidade desde o século XVI. Erigida na Igreja de São Domingos, a confraria de N.Srª dos Rosário juntava a comunidade dos preto. Nas festas tradicionais eram eleitos o rei e a rainha dos negros.

saodomingoselvasjpg

A Igreja de São Domingos é património nacional desde 1946

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s