Em Évora

O Flávio

mal

Passo por Évora, levam-me a conhecer a célebre confeitaria do “Pão de Rala”, sento-me e olho as paredes da pequena sala pejadas de fotos de ilustres clientes, como se tornou costume. E noto, em destaque, a foto do Velho. Comovo-me, fotógrafo a foto, “conhecia-o?”, pergunta-me a dona, e conta, com simpatia feliz, que ele recebia encomendas dos seus doces. E que quando foi a Évora receber o honoris causa logo que a cerimônia acabou para ali se dirigiu, “era um 22 de Fevereiro e chovia muito, mas ainda assim quis vir”, para conhecer a casa e a (magnífica) doceira que tão deliciosamente o abastecia. Sorrio, imaginando o quão Malangatana ali terá sido em tão especial dia. E notando a bela memória que ali deixou. Como sempre, como sempre …

View original post

Anúncios

Publicado por

Pedro Pereira Leite

Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde desenvolve o projeto de investigação "Heranças Globais: a inclusão dos saberes das comunidades como instrumento de desenvolvimento integrado dos território".(2012-2104) . O projeto tem como objetivo observar a relevâncias no uso da memória social em quatro territórios ligados por processos sociais comuns. A investigação desenvolve-se em Portugal e Espanha, na zona da Fronteira; em Moçambique e no Brasil. (FCT:SHRH/BPD/76601/2011). É diretor de Casa Muss-amb-iki - espaço de Memórias. Intervém no âmbito de pesquisa de redes sociais de memoria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s