The Portuguese Massacre of Wiriyamu in Colonial Mozambique, 1964-2013: Mustafah Dhada: Bloomsbury Academic

The Portuguese Massacre of Wiriyamu in Colonial Mozambique, 1964-2013: Mustafah Dhada: Bloomsbury Academic.

Anúncios

“CPLP, Ano Dezanove » Terraço do Paraíso / EPAR | 25 Julho (sáb.)

Centro InterculturaCidade

No mês em que se comemoram 19 anos sobre a criação da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, convidamos para uma tarde e noite dedicadas à riquíssima diversidade cultural do universo geocultural da Língua Portuguesa e ao muito que ainda há a fazer para que a Lusofonia, entendida na sua dimensão mais plural e de cidadania colectiva, se afirme decididamente como um instrumento de (re)encontro e de desenvolvimento dos povos e nações que nela se revêem, assente na intercooperação e no respeito recíproco pelas identidades e na soberania de todos esses países-irmãos. cplp_ano dezanove-02 No programa, a par das várias e interessantíssimas atividades previstas, apraz-nos registar a apresentação da mais recente obra de Luiz Silva, cabo-verdiano emigrado em Paris há várias décadas e membro do colectivo que editou anos a fio e com notável dedicação a publicação bilingue “Cahiers Lusophones/Cadernos Lusófonos”,  dirigida pelo já desaparecido – e sempre recordado – Daniel Lacerda…

View original post mais 297 palavras

Encontro Mundial de Movimentos Populares lança documento final

Observatório da Sociedade Civil

Carta de Santa Cruz defende superação “modelo social, político, econômico e cultural onde mercado e o dinheiro se converteram nos reguladores das relações humanas em todos os níveis”

Por Brasil de Fato

encontro-mundial-movimentos-populares-papa-francisco_Lidyane-Ponciano Carta de Santa Cruz, cobra superação de modelo onde “mercado e o dinheiro se converteram nos reguladores das relações humanas em todos os níveis” (Foto: Lidyane Ponciano)

Após três dias de discussões, o Encontro Mundial dos Movimentos Populares elaborou seu documento final. Participaram do evento cerca de 1500 pessoas de organizações de 40 países.  Os eixos dos debates, que ocorreram entre os dias 7 e 9 de julhos, se deram em torno dos “3Ts”: Terra, Teto e Trabalho, mote que tem sido utilizado pelo papa Francisco como síntese dos direitos básicos pelos quais os movimentos sociais devem lutar.

Francisco participou do encontro na quinta-feira (9). Ao falar aos participantes, pediu perserverança em seu compromisso com a luta por…

View original post mais 1.348 palavras